hotel




REVISTA NáUTICA

05/08/2009 - 14:44
Apresentamos sete pratos irresistíveis de consagrados restaurantes de frutos do mar

Clique nas imagens para ver a receitas

Por Laura Lopes
Da Náutica 222

Revista Náutica
Clique na foto para ver a receita

Caldeirada de frutos do mar: O mar na sua mesa
O bar do Armandinho é um pequeno e simples restaurante na Ilha Comprida, em Angra dos Reis. Seu cardápio é extenso, mas nenhum outro prato bate este aqui: a caldeirada de frutos do mar, uma adaptação caiçara para uma receita apreciada também na França, Espanha e Portugal, onde mudam os nomes, não os ingredientes. Nela, cabe quase tudo que vem dos oceanos, num ensopado, que chega borbulhando, em panelas de barro, feito uma moqueca, da qual é uma espécie de irmã. Comida típica de praia, servida num bar onde só se chega de barco. Em uma palavra: deliciosa!

Quem criou?
O famoso Bar do Armandinho fica numa das ilhas de Angra dos Reis, numa casa fincada na exuberante mata atlântica, com mesas com vista para o mar.

Revista Náutica
Clique na foto para ver a receita
Bacalhau à Lagareira: Uma delícia d´além mar
O bacalhau à lagareira é um dos pratos mais tradicionais da cozinha portuguesa e um dos mais pedidos do cardápio do restaurante Antiquarius, restaurante carioca (com filial também em São Paulo) que virou sinônimo da boa cozinha portuguesa em todo o Brasil. Tratam-se de postas de bacalhau passados na farinha de rosca e assados com muito alho, cebola, azeite e batata (que não poderia deixar de acompanhar este peixe). Uma delícia que vem lá do outro lado do Oceano Atlântico.

Quem criou?
O Antiquarius ( www.antiquarius.com.br) fica na Rua Aristides Espínola, 19, no Rio de Janeiro (21/2294-1049) e tem filial em São Paulo na Al. Lorena, 1884.

Polvo Camamo: Fácil de fazer, difícil de não gostar
Revista Náutica
Clique na foto para ver a receita
O Camamo, na praia de Tmbau do Sul, vizinha a famosa praia da Pipa e pertinho de Natal, é um restaurante tão especial que só serve oito privilegiados por noite. E mesmo assim só com reserva antecipada! Sorte sua, porém, que não precisa estar na lista de espera para provar uma das delícias da cozinha do chef Tadeu Lubambo (que comanda o pequeno restaurante ao lado de sua mulher, Ninha), como este “polvo camamo”, tão refinado quanto simples de preparar.

Quem criou?
Tadeu Lubambo, e sua mulher Ninha, do restaurante Camamo ( www.camamo.com ), que fica pertinho da Praia da Pipa, no Rio Grande do Norte. Tel: 84/3246-4195.

Revista Náutica
Clique na foto para ver a receita

Camarão Casadinho: De encher os olhos
Camarão Casadinho é o prato mais típico da história de Parati e um dos favoritos da clientela sempre fiel do Restaurante do Hiltinho, que é uma espécie de unanimidade na cidade, tanto em gastronomia quanto em simpatia. São pares de camarões enormes, fritos, colocados um ao lado do outro (daí o nome casadinho) e recheados com uma farofa feita com mais camarão. O resultado? Muito bom!

Quem criou?
O Restaurante do Hiltinho fica no centro das duas ruas históricas de Parati (tel. 24/3371-2455) e mantém uma filial na agradável Ilha do Algodão, com mesas de frente para o mar, mas infelizmente não serve o casadinho por lá.

Revista Náutica
Clique na foto para ver a receita
Moqueca de peixe: A verdadeira moqueca capixabaA verdadeira moqueca – caso você não saiba - não é baiana e sim capixaba. E a melhor moqueca do Espírito Santo é esta aqui, do premiado restaurante Cantinho do Curuca, em Guarapari. São cerca de 200 moquecas servidas por dia e todas elas seguindo a tradicional receita capixaba, ou seja, panela de barro, sem leite de coco nem azeite de dendê, este último detalhe sua principal diferença para a similar baiana. Se fica bom? Experimente só para ver.

Quem criou?
O Cantinho do Curuca, (tel. 27/3272-2000, www.cantinhodocuruca.com.br), fica na beira da praia de Meaípe, em Guarapari, onde mantém uma verdadeira linha de montagem de moquecas, sem, porém, perder a qualidade, o que é ainda mais impressionante.

Risoto de frutos do mar: Um prato, uma refeição
Revista Náutica
Clique na foto para ver a receita
Risotos são pratos simples de preparar, difíceis de não agradar e muito apreciados pelos brasileiros, principalmente quando feitos assim, com muitos frutos do mar. Este aqui, do refinado restaurante Amadeus, de São Paulo, foi criado pela jovem chef Isabella Masano, e é ainda mais simples de executar. O segredo é não colocar todos os frutos do mar de uma só vez, respeitando o tempo de cozimento de cada um deles. Quer copiar?

Quem cirou?
A chef Isabella Masano, do restaurante especializado em frutos do mar Amadeus fica em São Paulo, na Rua Haddock Lobo, 807 (tel. 11/3061-2859, www.restauranteamadeus.com.br). Vá sem medo.

Vinagrete de frutos do mar: Petisco irresistível
Revista Náutica
Clique na foto para ver a receita
O ex-pescador Luiz Rosa, hoje com quase 90 anos, nasceu e vive até hoje na Ilha da Gipóia, em Angra dos Reis. É uma das lendas do lugar. Seu restaurante, por exemplo, foi aberto 35 anos atrás, numa época em que não havia nenhum por lá. Já este prato, simples, mas delicioso, é uma das especialidades dele. A vinagrete de frutos do mar cai muito bem com uma cervejinha, ainda mais se for num lugar com vista pro mar, como são as mesas do restaurante do Luiz Rosa e também deve ser a varanda da sua casa de praia.

Quem criou?
O bar-restaurante do Luiz Rosa fica na Praia das Flechas, na Ilha da Gipóia, em Angra dos Reis. Só dá para chegar lá de barco, mas há píer próprio de atracação.




REALIZAÇÃO:




PATROCÍNIO:




APOIO:




CIA. AÉREA OFICIAL:




OPERADORA OFICIAL:





Grupo Um Editora - Todos os direitos reservados. Av. Brigadeiro Faria Lima, 3064, 10º andar - São Paulo - SP
CEP 01451-000 - Tel.: (11) 2186-1001
Boat Show - E-mail: info@boatshow.com.br
Anuncie | Assine | Comunique um erro
webtask criação e desenvolvimento de sites